Tratamento de Verrugas

Tratamento para Verruga: Tumor benigno da pele causada pelo papiloma vírus humano (HPV), que ativa o crescimento anormal de células da epiderme que, por sua vez, são lançadas para a superfície do corpo, formando as verrugas. O aspecto, tamanho e forma dessas lesões estão diretamente ligados ao diferentes sorotipos de HPV responsáveis pela infecção.

Por serem causadas por um vírus, não se deve tentar tirá-la sem o acompanhamento de um médico, pois isso aumenta a chance de que ela se espalhe por outras regiões do corpo.

Outra forma de contágio pode ocorrer por contato direto com pessoas e objetos infectados, por autoinoculação por meio de pequenos ferimentos que servem de porta de entrada para o vírus, nas relações sexuais e via materno-fetal, na ocasião do parto.

As verrugas podem ocorrer em qualquer região do corpo. Conforme sua localização e formato as verrugas são classificadas em:

Verrugas vulgares:

É um o tipo mais comum de verruga, em geral, são lesões arredondadas ou irregulares, endurecidas e ásperas, podendo guardar alguma semelhança com o aspecto de uma couve-flor.

No início, elas costumam ser claras, esbranquiçadas, com pontos escuros, mas podem mudar de cor com o passar do tempo. Surgem, principalmente, nas áreas expostas a maior atrito como mãos, dedos, cotovelos, joelhos e ao redor das unhas (verrugas periungueais), isoladamente ou em placas.

Apesar de a infecção ocorrer em qualquer idade, sua ocorrência prevalece na infância e na adolescência.

Verrugas planas:

A principal característica é a confluência de múltiplas pequenas pápulas amareladas ou acastanhadas, de no máximo cinco milímetros, pouco proeminentes e mais macias do que as verrugas vulgares. Seu surgimento se dá principalmente na face.

Verrugas plantares

As verrugas plantares são dolorosas e se desenvolvem na planta dos pés e, muitas vezes, são confundidas com os calos. Sua área central irregular é circundada por uma camada endurecida da epiderme. O peso que o corpo exerce sobre as verrugas planas faz com que cresçam para dentro da sola do pé, o que provoca dor quando a pessoa caminha.

A confluência de verrugas menores pode favorecer a formação de placas que caracterizam as verrugas plantares em mosaico. A presença de pequenos pontos escuros no centro das lesões sugeriu o nome popular de "olho de peixe", pelo qual também são conhecidas.

Verrugas filiformes

Lesões finas e alongadas que se projetam para fora da epiderme da face, pescoço, pálpebras e lábios, especialmente nas pessoas mais velhas.

Verrugas anogenitais ou condilomas acuminados

Essa classificação de verruga pode ser precursora de tumores malignos, como o câncer de colo, de útero e de pênis. As lesões se formam nas mucosas das regiões genital, perianal, oral e na uretra. São pápulas macias, rosadas e vegetantes, isto é, com a aparência de uma couve-flor, que podem unir-se formando blocos e ocupar áreas extensas. Quando isso acontece, as lesões chegam a obstruir a vulva, e o ânus, recebendo o nome de condiloma acuminado gigante, de Buschke e Lowoenstein.

CO2 Fracionado. ® Todos os direitos reservados. 2017 .
Diretor Técnico Médico SP: Dr. Roberto Chacur CRM-SP 124125 e RQE N° 33433; CRM-PE 22670
Diretor Técnico Médico RJ: Dra. Gina Matzenbacher CRM-RJ 854492/RQE 20820
*As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional e de nenhuma forma devem ser utilizados para autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.